GASTRONOMIA, VARIEDADES

Cerveja? Sim, por favor!

2 de junho de 2016
Muitos de meus amigos sabem como sou fã de drinks e de um bom espumante, até porque, para brindar em uma boa festa, não há companhia melhor, além dos amigos, é claro! Mesmo assim, como me considero uma pessoa democrática, hoje é dia de falar sobre as deliciosas cervejas artesanais, que tem feito muito sucesso atualmente.
Além de diversos tipos, com sabores e teores alcoólicos diferentes, o segredo é saber combinar cada estilo com a gastronomia mais indicada e, assim, ressaltar os sabores das bebidas e dos pratos. Quando a gente aprende, fica fácil, fácil! As minhas duas cervejas preferidas são: a levíssima mexicana Corona e a de trigo alemã Weihenstephaner (amo!).
corona cerveja
                                                        Weihenstephaner
Se for chamar os amigos para um bate papo em casa, ofereça a Ipa, cerveja com teor alcoólico alto, mas levemente adocicada, que fica perfeita com uma tábua de queijos e carnes vermelhas.
cerveja ipa
Duas boas pedidas para acompanhar aquela carne de porco (clássica dos eventos de família!), são a Bock, escura e levemente amarga, e a Weissbier, um pouco mais densa, que conta com o trigo como ingrediente.
cerveja bock
weissbier
Mas, se no menu há frutos do mar e a ideia é fugir dos vinhos branco e rosé, indico a Pilsen, uma opção mais leve, ou a Pale Ale, mais frutada. É só deixar a imaginação fluir e se render às loiras da vez!
pale ale
Bjss,
HE.
MODA, VARIEDADES

Entrevista: Cheila de Paula

31 de maio de 2016

É com muita alegria que inauguro uma sessão de entrevistas aqui no blog com a minha querida amiga Cheila de Paula. Ela é linda, animada, talentosa e ícone de moda em Niterói. Vem conferir um pouquinho mais sobre sua história, moda e apostas para o futuro.

Fotos por @capitaozeferino

 

 

HE: Como você começou na moda?
CP: Comecei a trabalhar com moda em 1977, um ano antes do meu filho nascer. Eu tinha mania de olhar etiquetas, então já conhecia as marcas nacionais mais interessantes e diferenciadas! Sempre gostei do diferente, não gostava de sair igual à todo mundo, era exigente com tecidos e principalmente modelagem.

Eu queria trabalhar e meu marido resolveu apostar no meu potencial e comprou a 1ª loja que demos o nome de Varal. Na época as lojas eram atapetadas e com araras inox, claro que a Varal foi diferente, era de paralelepípedo e as araras eram de cano de ferro. Tínhamos 4 lojas, 2 na Moreira César, 1 no Plaza Shopping Niterói e outra no Niterói Shopping, que foi o primeiro da cidade.

Após 15 anos de comércio, fechei as lojas e disse que queria férias, 13º e um patrão! Em seguida, fui convidada para trabalhar na Fabricatto, onde fiquei por 5 anos, mas depois pedi demissão e fui fabricar. Viajei para NY, importei os tecidos para a minha coleção e foi um sucesso! Vendi para várias marcas grandes e ainda abri uma pronta entrega em Ipanema para atender outros estados. Bombou! Em 2000, tive um câncer no seio e resolvi fechar tudo. Moda vicia, fica no sangue e é o que eu sei fazer bem. Então, resolvi voltar como Consultora de Moda e até hoje o que faço.

HE: Qual peça de moda você acha mais versátil e é imprescindível no armário?
CP: Um pretinho básico, com corte divino e de tecido tecnológico; um bom jeans, um super blazer preto, camisa branca e um scarpin, se puder ser Laboutin melhor ainda!

HE: Qual peça ninguém deveria ter?
CP: Qualquer peça 100%poliéster.

HE: Qual tendência do passado que você achou que jamais veria novamente?
CP: OMBREIRAS

HE: Como imagina o futuro da moda?
CP: Eu acredito em duas vertentes: a estética do conforto e reciclagem, e a futurista. Essa última, acredito que com a descoberta de novas tecnologias, a moda terá uma roupa inteligente! Já agora, essas novas tecnologias estão sendo usadas.

Um exemplo disso é a proposta que a estilista Pauline Van Dongen apresentou no SXSW, festival que acontece em Austin, com projetos vestíveis feitos com impressão 3D. Como as mangas criadas por Pauline com formas geométricas e fios de uma liga metálica (de níquel e titânio) capaz de expandir ou contrair com a temperatura. A estilista ainda propõe painéis solares nas peças, que possibilitam recarregar celulares e outros aparelhos! Já temos drone vestível, que é um colar que vira guarda-chuva em momentos de chuva.

HE: Como você gosta de se atualizar das tendências?
CP: Eu não sou muito de seguir tendência, gosto de apostar mais numa pegada autoral, mas não renego a pesquisa. É sempre útil para inspiração, claro que vamos usar a cartela de cores sugeridas, mas sempre inovando em uma ou duas cores! Utilizo também as viagens para as mecas da moda para referências, como Londres, Milão, Paris, Bélgica entre outras! Visitar museus é de extrema importância. Em Londres, sugiro o Victoria and Albert, o Tate e a Saatchi Gallery.

HE: O que recomenda para quem quer fazer carreira na moda?
CP: Primeiro precisa ter talento, ser antenado e gostar de pesquisa. Moda é um vício e, como todo vício, precisa ser alimentado. Garra, desapego e procurar sempre a perfeição nos detalhes!

 

MODA, VARIEDADES

De malas prontas

24 de maio de 2016

Essa semana tem feriado e como sei que arrumar malas (pequenas!) não é uma tarefa fácil para muitos, especialmente as mulheres, o post de hoje é para te ajudar! Confira alguns truques:

Seleção
Pesquise o clima do local que você está indo antes de começar a separar suas peças. Não esqueça de avaliar a duração da sua viagem e separe os looks por dia para não carregar excessos.

Se for praia e calor opte por roupas leves, shorts, camisetas, vestidos e sandálias rasteiras ou com saltos mais confortáveis. Para locais de frio, aposte em peças coringas que podem ser reutilizadas e com tecidos mais grossos para aquecer. Casacos de cores neutras ficam repaginados com lenços e cachecóis diferentes.

mala 2

Arrumação
As roupas que amassam menos devem ficar no fundo da mala, como o jeans, a lã e pijamas. Na superfície, coloque as peças mais leves, como vestidos, saias e blusas mais delicadas. Lembre-se que os vestido devem ser dobrados o mínimo possível para não amarrotar. Camisetas, meias, cachecóis e roupa de banho (que já devem estar em saquinhos individuais) ficam ótimos enrolados e preenchendo as laterais e espaços vazios da mala.

Saquinhos com toda roupa íntima junta facilita na hora de se vestir. Assim como os sapatos devem ser embalados por pares e alocados na mala, assim garantem que não vão sujar suas roupas e otimizam o espaço.

mala organizada

Os produtos de higiene pessoal, como maquiagem, remédios e cosméticos devem ser colocados em nécessaires, não só para facilitar a organização como para evitar pequenos acidentes. Todo cuidado é pouco com produtos líquidos, minha dica é saquinho tipo ziploc.

De malas prontas, confira os documentos necessários e, caso vá de carro, não esqueça de fazer a revisão antes de pegar a estrada.

stamps

Boa viagem!

Bjss,
HE.

GASTRONOMIA, VARIEDADES

Dias frios com um bom vinho

19 de maio de 2016

O bom de trabalhar com eventos é a possibilidade de conhecer diversos fornecedores e, com o sucesso da parceria, transformá-los em amigos. Foi assim com o Luiz Barros, do Cais de Icaraí, fornecedor de vinhos de todos os meus eventos.

Como ele só me dá boas dicas, bati um papo com ele para descobrir os melhores vinhos dessa temporada. Assim, compartilho com vocês os rótulos e uma breve descrição para ajudar a tornar seus dias frios super agradáveis.

Adega de Pegões Colheita Selecionada, um português da Península de Setúbal produzido com Cabernet Sauvignon, Touriga Nacional, Trincadeira e Syrah, com passagem em carvalho francês. Dos seus 14% de álcool e muita fruta vermelha madura e compota, é um português para acompanhar carnes de caça, carnes grelhadas e queijos.

adega de pegões

Produzido pela tradicional Bodegas y Cavas de Weinert, em Luján de Cuyo-Mendoza, é um dos melhores Cabernet Sauvignon da Argentina. Com um aroma apimentado, um toque de couro e frutas maduras e secas, é um vinho longevo que acompanha bem carnes com molho vermelho; massas e risotos com um pouco de pimenta.

carrascal

Mario Geisse Gran Reserva Carmenère é um vinho produzido em terras do próprio Mario Geisse no Colchagua, Chile. Com vinificação integral em barrica, este vinho passa ainda 16 meses em barrica de carvalho francês, incorporando personalidade com frutas vermelhas, especiarias e café.
Acompanha bem carnes vermelhas sem muita gordura, pratos à base de cordeiro assado, queijos marcantes e maduro, além de massas com molhos de carnes.

mario geisse

Prduzido pela Bodegas Carrau, em Las Violetas, Rivera no Uruguai, o Arunguá é 100% Tannat com passagem de 18 meses em carvalho francês. De cor púrpura e aromas de especiarias e frutas negras, possui um paladar com muita complexidade. Ótimo com assados e grelhados.

arunguá

De Rioja Alta com Tempranillo, Garnacha e Viura, o vinho passa 14 meses em carvalho francês e americano, o que contribui para os aromas de tostado e baunilha, muita fruta na boca e um final fresco e elegante. Massas com molho forte e carnesgrelhadas serão sua melhor companhia.

la emperatriz

 

Com essas sugestões, é só fazer o convite para aquela boa companhia e aproveitar!

Bjss,
HE.

CULTURA, FESTAS, GASTRONOMIA, VARIEDADES

Boa educação não sai de moda

17 de maio de 2016

Participo, com uma certa frequência, de almoços e jantares com clientes, parceiros e amigos. Como, ontem, fui convidado para jantar no L’Entrecôte de Paris pelo  Plaza Shopping Niterói para a abertura do Temporada Gourmet (confira a programação aqui, vale a pena!) e me inspirei para o post de hoje com regrinhas básicas de etiqueta à mesa. Saber se portar bem durante as refeições revela não só a educação da pessoa, como colabora para a imagem que deseja transmitir.

etiqueta à mesa 2

Confira abaixo algumas regras universais para fazer bonito:

1) Para começar, jamais gesticule com os talheres nas mãos. Sempre que for falar, coloque-os apoiados no prato.

2) Use sempre os talheres de fora para dentro.

3) Depois de colocados em uso, eles não devem ser mais encostados na mesa, apenas apoiados no prato.

4) Para sinalizar o garçom que você está satisfeito, coloque o garfo e a faca alinhados ao prato, sendo o garfo ao lado esquerdo ou abaixo da faca, com os cabos para o lado direito. E quando você ainda vai comer, coloque os talheres em triângulo com os cabos abertos na borda e a faca do lado direito.

etiqueta à mesa 3

5) Sempre que tiver guardanapo de pano, abra-o no colo durante a refeição. Ao terminar, coloque-o ao lado esquerdo do prato na mesa.

6) Massas como espaguetes e talharins não devem ser cortados. O certo é enrolar pequenas quantidades de fios com a ajuda da colher e levar à sua boca.

7) As facas de carne são utilizadas apenas para carnes vermelhas e aves. Os peixes têm a sua própria faca, que geralmente é usada apenas para afastar peles e espinhas que possam aparecer ao longo do caminho.

8) Omeletes, legumes e outros alimentos devem ser cortados com o garfo.

9) Quando for tomar uma sopa, leve a colher à boca pela lateral.

10) Ao comer as folhas da salada, faça trouxinhas com a ajuda dos talheres, não as corte.

etiqueta à mesa

E lembre-se: educação is the new black!

Bjss,

HE.

CULTURA, GASTRONOMIA, VARIEDADES

Logo ali no Rio

12 de maio de 2016

Para sair da rotina e curtir uma novidade, a melhor coisa é aproveitar o fim de semana do lado de lá da ponte. É inegável que o Rio de Janeiro abriga uma infinidade de opções de entretenimento e gastronomia e, de quebra, ainda fica pertinho de Niterói. Sugiro uma hospedagem por lá, como hoje estamos no Caesar Park, em Ipanema, para comemorar o aniversário de Marcelo.

Listei alguns passeios que gosto de fazer:

Passear pela praia de Ipanema e finalizar a caminhada no restaurante do Hotel Arpoador, nas mesinhas do calçadão. Uma delícia apreciar a vista linda com espumante geladinho e comida boa!

bar lagoa

 

Com a desculpa perfeita de repor as cápsulas da Nespresso, uma visita na loja da Garcia D’Ávila, em Ipanema, também é uma oportunidade para degustar um café com chocolatinhos especiais da marca.

nespresso e chocolate

Bar Lagoa é o point perfeito para um chope gelado e cremoso. Ambiente art déco encantador, sem falar no bife à milanesa com salada de batatas. Vale cada caloria!

bar-lagoa-01

 

Comida de primeira, num ambiente super moderno e música de qualidade. Assim é a filial carioca do mundialmente conhecido Bagatelle. É importante fazer reserva com antecedência porque tá bombando muuuuito!

bagatelle

E você, o que faz de bacana no Rio?

Bjss,
HE.

———-

Serviço:

Caesar Park

Avenida Vieira Souto, 460 – Ipanema, Rio de Janeiro

Tel.: (21) 2525-2525

Hotel Arpoador 

Rua Francisco Otaviano, 177 – Ipanema, Rio de Janeiro

Tel.:(21) 2523-0060

Boutique Nespresso Ipanema

Rua Garcia D’Avila, 117 – Ipanema, Rio de Janeiro

Tel.: 0800 777 7737

Bar Lagoa 

Avenida Epitácio Pessoa, 1674 – Lagoa, Rio de Janeiro

Tel.: (21) 2523-1135

Bagatelle

Jockey Club – Praça Santos Dumont, 31- Tribuna A – Gávea, Rio de Janeiro

Tel.: (21) 3114-7988

 

 

 

FESTAS, MODA

Bem vestida para qualquer ocasião

10 de maio de 2016

“Com que roupa eu vou?” é a primeira pergunta que surge na cabeça das mulheres ao receber o convite para uma festa. Inúmeras vezes, ajudei amigas e clientes a definirem o look para um evento importante, então preparei o post de hoje para tirar algumas dúvidas.

 

Esporte

O traje esporte é o mais casual e livre de regras. As composições pedem tecidos leves e sem brilhos. Aqui não há regras e entram materiais menos nobres, como o jeans, o algodão e a sarja. Vale tudo: vestido, saia, calça, blusa e batinhas. A maquiagem e o cabelo seguem a linha mais descontraída. Nos pés, nada de sapatos altos. O ideal são as sandálias de saltos médios e baixos, sapatilhas ou botas. Enquanto as bolsas podem ser de um material mais esportivo.

traje esporte

 

Passeio ou Esporte Fino

Nesse caso, a sofisticação fica no meio termo. Mas é importante lembrar que calças jeans não são permitidas. Se a festa for até às 18h, os vestidos podem ser mais informais. Depois desse horário, vale investir em algo mais elegante. A melhor pedida nesse caso é o cocktail dress. Além de ser simples e na altura do joelho, ele pode ser usado com paletós e casaquinhos. As joias e bijuterias também devem ser mais discretas. O ideal é apostar numa maquiagem mais suave, cabelos bem alinhados. Para a noite, lenços e echarpes dão um toque final.

traje esporte fino

 

Passeio Completo ou Social

Para esse tipo de evento, a mulher deve investir em looks mais elaborados com materiais e detalhes mais glamorosos. Seda, chiffon, bordados e brilhos são ótimas opções, mas sem exageros. Os acessórios pedem sapatos altos e bolsas pequenas, no modelo clutch ou carteira. Se o clima estiver frio, abuse dos boleros, peles falsas e xales. Vale a ida ao salão para produzir um penteado e uma maquiagem mais elaborada.

passeio completo

 

Black Tie

São trajes altamente sofisticados. Os vestidos longos combinam mais com a ocasião, mas os curtos também podem ser utilizados, desde que o tecido seja nobre, como a seda e a casimira. Decotes e fendas também são muito bem-vindos. Para compor o look, echarpe, joias e uma bolsa pequena. Nos pés, invista nas sandálias com tiras delicadas e saltos altos finos para evitar o excesso de informação. Quanto aos cabelos, a dica é caprichar num penteado preso.

black tie

Ajudou?

Bjss,

HE.

DECORAÇÃO, FESTAS, VARIEDADES

Da Europa para cá: Mini Wedding é tendência

5 de maio de 2016

Já falamos aqui sobre como economizar na sua festa em tempos de crise e o post de hoje complementa essa ideia, mas vai além. Na Europa é muito comum um casal celebrar sua união com uma festa intimista, com a presença de familiares e amigos próximos.

Os mini weddings, como são chamados casamentos com, no máximo, 100 convidados, valorizam a intimidade do casal, proporcionam momentos com todos os convidados e, ainda, é uma opção para gastar pouco.

Mini-Wedding

 

Confira abaixo algumas dicas para você organizar o seu:

O local da festa

Espaços alternativos como restaurantes, jardins, pousadas e até casas (da família dos noivos ou não) são ótimas opções por que já possuem uma decoração diferenciada e, às vezes até faz parte da história dos noivos.  O ambiente personalizado e a experiência inédita são atrativos também para os convidados. Vale caprichar na criatividade para acrescentar pequenos detalhes no ambiente, como uma scrapbook para coletar mensagens, e o resultado será uma festa moderna com muito menos trabalho.

 

O menu

A dica é evitar comidas pesadas para que os casais possam dançar na pista de dança à vontade. O casal pode fugir do jantar tradicional optando por um buffet que ofereça os pratos em pequenas porções individuais ou de finger foods (em tradução livre, comida para comer com os dedos). Além de serem mais charmosas, ganham pela sua praticidade.

A decoração

Saia do convencional e inove na escolha dos tipos e cores das flores. Procure utilizar a mesma cor em tonalidades diferentes. Além do efeito ficar mais legal, o ambiente fica mais harmônico. Outra alternativa é investir em objetos decorativos que façam referência à vida do casal. Se o casal gosta de viajar, por exemplo, uma boa opção é colocar um baú com fotos dos destinos visitados por eles.

mini_wedding_6

Os trajes

O traje dá o tom da festa, avalie o tipo de festa que está oferecendo. Se pretendem curtir na  pista de dança. Um vestido leve que permita liberdade de movimentos é o ideal, além de ser muito mais confortável. O noivo de terno também vai se sentir muito mais à vontade do que vestindo um traje mais formal.

miniwedding-noivas-17-620x360

As fotos

Neste estilo de comemoração, o fotógrafo pode transmitir detalhes mais íntimos. As fotos têm o poder de contar histórias, mas em uma cerimônia mais pessoal os traços da personalidade do casal são muito mais evidentes.

Mimo para os convidados

Uma foto com os noivos é uma ótima lembrança. Elas são tiradas e impressas na hora, ótima ideia para quem quer eternizar a noite tão especial.

 

Como sempre digo, a internet é uma grande aliada na busca de referências e ideias! Use-a.

Bjss,

HE.

CULTURA, VARIEDADES

Viajando nos cliques de Renato Moreth

3 de maio de 2016

Vocês já sabem que fui o RP do lançamento da exposição Viajando Juntos, do meu amigo, fotógrafo e viajante Renato Moreth, no Plaza Shopping Niterói. E, hoje, compartilho algumas fotos para vocês sentirem o clima da mostra, que tem a cenografia assinada pela Rosa dos Ventos, dos super profissionais Jorge Mendes e Jorge Guedes (também são parceiros do Staff HE nas festas de 15 anos, casamentos e temáticas).

VFS_0371

VFS_0051

VFS_0037

VFS_0034

VFS_0018

VFS_0009

VFS_0003

 

Ficou com vontade de ver de pertinho? Então você tem até o dia 14 de maio para visitar o espaço, no 4º piso da Expansão (ao lado do L’Entrecôte de Paris). Especialmente amanhã, dia 4 de maio, a partir das 19h vai acontecer um bate-papo (gratuito) com os envolvidos para falar sobre como foi concebida a exposição e as histórias de viagem de Renato, que já visitou mais de 75 países.

renato_moreth_viajandojuntos_tijolo_batepapo

Neste ano, o Plaza Shopping Niterói comemora 30 anos e abre os festejos com a exposição Viajando Juntos, mesmo ano que Moreth comemora 40 anos de profissão (sim, ele fotografou a inauguração do Plaza!). “Neste ano tão especial para ambos, queremos dar um presente à altura de nossos clientes, que prezam pela qualidade e exclusividade. O Plaza inova mais uma vez e traz toda riqueza dessa expressão cultural, além de homenagear o grande fotógrafo que é Renato Moreth, um patrimônio da nossa cidade”, ressalta a gerente de Marketing do Plaza Shopping Niterói, Mairá Mendonça.

VFS_0585

 

Não deixe de visitar e me contar o que achou!

Bjss,

HE.

DECORAÇÃO, FESTAS, GASTRONOMIA

Sem crise na sua festa

28 de abril de 2016

Em tempos de crise, economizar em festas se faz necessário. Há diversas formas para evitar o gasto exagerado, basta usar a criatividade! Pensando nas alternativas, criei uma listinha super prática e útil para os dias de hoje. Confira as dicas abaixo:

– Cerimônia e recepção: Vale fazer no mesmo local assim você economiza no aluguel de um único espaço e os convidados não precisam se locomover.

cerimonia

– Flores na decoração: Por incrível que pareça, elas costumam representar um enorme gasto para a sua festa. Flores são ótimas para enfeitar, mas é importante escolher as da estação porque terão o melhor preço no mercado. Há outras formas de decorar o ambiente, só é preciso criatividade.

10368207_705761772854428_6062248992457598001_n

– Comida: O importante é investir na qualidade. Não adianta oferecer uma quantidade enorme de comida se ela não vai agradar seus convidados. E não se esqueça: a comida deve estar em harmonia com a proposta da sua festa.  Troque o buffet do jantar por mini porções em pontos fixos.

mini

– Convites: Os convites de papel costumam ser caros, dão trabalho para ser entregues e, por mais elaborados que sejam seu fim é triste: o lixo. Melhor usar a tecnologia a seu favor e investir em convites eletrônicos. Pesquise na internet sites que enviem os convites com design especial. Alguns são até de graça e você ainda estará contribuindo para um planeta mais ecológico.

10420430_738148832929076_5354757967607662621_n

– Lista de convidado: Enxugue mais a sua lista. Tem mesmo necessidade de convidar aquela pessoa que você não fala há anos? Uma cerimônia mais intimista também tem seu charme.

lista-convidados

– Brindes e mimos: Lembre-se sempre de que você já está dando a festa. No lugar de distribuir sandálias e gastar uma grana com isso, que tal investir em surpresas menos clichês? Além de economizar, você ainda vai ser original.

havaianas

Música animada e bebida gelada são o combustível da festa, vale investir! Mais alguém tem alguma dica legal para acrescentar?

Bjss,

HE.