MODA

Paris Fashion Week: destaque desfiles

8 de outubro de 2015

Como não começar esse post falando do aeroporto que a Chanel colocou na passarela? O sempre inovador Karl Lagerfeld surpreende criando acessórios ícones de desejo. O desfile mostrou do luxo ao despojado, mas sempre tendo em mente o estilo, mesmo depois das turbulências.

cenario-chanel-aeroporto-verao-2016_1_0

 

chanel-aeroporto-767619

 

A grife Hermés, que eu adoro, trocou de estilista, mas não abriu mão da sua proposta minimalista. A seleção de materiais de alta qualidade para a confecção de suas peças é uma tradição da marca, que começou produzindo selas de montaria.

51015-hermes-pv-16-03-399x600

 

51015-hermes-pv-16-09-399x600

 

Já Saint Laurent foi lá nos anos 90 reviver tendências, como a tiara de coroa usada por Courtney Love e vestidos camisola. Inclusive, esses últimos são responsáveis pela nova vida ao label Yves Saint Laurent de vestidos de alta costura. A passarela completa foi um prato cheio para as fast fashion: couro, metalizados, jeans, animal print, alfaiataria e florais.

51015-saint-laurent-pv-16-1-01-330x497

 

51015-saint-laurent-pv-16-1-07-399x600

Outra que vale acompanhar é Vivienne Westwood, que apresentou seu olhar sobre Veneza. A estilista tentou equilibrar o mundo real, o problema do aquecimento global que subiu o nível do mar e prejudica a cidade cultural, e a fantasia, com o carnaval veneziano aparecendo entre as peças. Vestidos com estampas carnavalescas se misturaram com casacos de alfaiataria.

51015-vivienne-westwood-pv-16-11-399x600

 

51015-vivienne-westwood-pv-16-16-399x600

 

 

Em termos de tendências, vou plagiar Miuccia Prada: “O mundo está ficando irracional”. Diversos ícones fashion divergentes, apareceram juntos, ou seja, tem muita moda bacana para agradar os mais diversos gostos femininos.

Bjss,

HE.

You Might Also Like